Eta Carinae, a Morte Anunciada de uma Estrela

Eta Carinae, como diz o nome, situa-se na constelação da Carina e é parte da constelação do Navio, Argus, que o astrônomo francês Nicholas L. de La Caille (1713-1762) subdividiu em três constelações menores: Carina, Quilha; Popa, Puppis e Vela. Eta Carinae é um dos astros mais intrigantes já vistos no firmamento. Um mistério que … Continue lendo “Eta Carinae, a Morte Anunciada de uma Estrela”

Primeira Detecção De Metanol Num Disco de Formação Planetária

Um grupo de astrônomos utilizando telescópios do observatório ALMA (Atacama Large Millimeter/Submillimeter Array) observou a presença de metanol em forma gasosa (CH3OH) no disco onde planetas estão se formando ao redor da estrela TW Hydrae, na constelação da Hydra. O metanol é uma molécula orgânica complexa, uma das maiores já observadas em discos protoplanetários, e encontrá-lo significa … Continue lendo “Primeira Detecção De Metanol Num Disco de Formação Planetária”

Estrelas Wolf-Rayet

Estrelas em estágio avançado de evolução e muito massivas, com mais de 20 massas solares quando estavam na sequência principal, que perdem massa rapidamente devido a ação de forte vento estelar, com velocidades superiores a 2000 Km/s. São estrelas muito quentes, com temperatura superficial entre 30.000 K e 200.000 K, e luminosas, mas não muito brilhantes no … Continue lendo “Estrelas Wolf-Rayet”

Em posição! Um, dois, três, quatro….

Quantas estrelas uma pessoa conseguiria contar em um minuto? Com uma certa velocidade e dedicação, provavelmente, umas 120. Claro que depois de um certo tempo (bem curto, acredito!) qualquer “contador de estrelas” iria ficar irritado e parar. Então, como sabemos quantas estrelas existem? Em uma galáxia podemos utilizar a força gravitacional que a sua massa … Continue lendo “Em posição! Um, dois, três, quatro….”