Está marcado para o dia 12 de novembro de 2014 o primeiro pouso de uma sonda em um cometa. Não é a primeira vez que algo construído por seres humanos chega à superfície de um cometa, mas o módulo Philae fará isso de maneira controlada no cometa 67P/Churyumov–Gerasimenko, ou 67P/C-G.

Viajando por mais de 10 anos após seu lançamento em março de 2004 , a sonda Rosetta finalmente chegou às proximidades de seu alvo há alguns meses. Para adquirir a velocidade correta, foram feitas manobras conhecidas como estilingue gravitacional, que consiste em utilizar a gravidade de planetas ou do Sol para acelerar um veículo espacial.

Agora, dia 12 de novembro de 2014, às 6h35 no horário de Brasília, a sonda Rosetta irá liberar o módulo Philea, que pousará no 67P/C-G. Equipada com diversos instrumentos científico, a missão tem como objetivo conhecer a “composição do material cometário, a caracterização das propriedades físicas do material na superfície e subsuperfície, a estrutura em grande escala e o ambiente de plasma do nucelo” [citado no artigo Bibring, J.-P.; Rosenbauer, H.; Boehnhardt, H.; Ulamec, S.; Biele, J. et al. (February 2007). “The Rosetta Lander (“Philae”) Investigations”. Space Science Reviews 128 (1-4): 205-220].

Além de conhecer a estrutura e composição de um cometa em si, há outro grande interesse por trás de todo estudo de cometas. Neles, assim como nos asteroides, há informações sobre a química primordial do Sistema Solar, a química de quando o Sol e os planetas ao seu redor começaram a se formar. Isso tudo foi base também para a formação da vida aqui na Terra, portanto, se houver alguma ligação forte entre o surgimento da vida e a química original da formação de um sistema planetário, os cometas podem nos contar.

A outra missão que chegou a tocar a superfície de um cometa foi a Deep Impact. Ao contrário da missão da sonda Rosetta, a Deep Impact lançou um módulo para se chocar com a superfície do cometa 9P/Temple em 2005. Esse evento permitiu o estudo do material cometário lançado ao espaço pelo impacto.

Concepção artística da sonda Rosetta liberado o módulo Philae para pusar no cometa 67P/C-G (Imagem: ESA)
Concepção artística da sonda Rosetta liberado o módulo Philae para pousar no cometa 67P/C-G (Imagem: ESA)

Publicado por Leandro L S Guedes

Sou Astrônomo da Fundação Planetário da Cidade do Rio de Janeiro, faço doutorado no curso de História das Ciências e das Técnicas e Epistemologia, pela UFRJ, e nesse ano de 2013 estou passando alguns meses na Universidade de Notre Dame, EUA. Tenho interesses em: Astronomia, História, Epistemologia, Filosofia da Ciência.

Copyright © 2009 - 2019 Astronomia.Blog.Br. All Rights Reserved. Created by Blog Copyright.