No dia 02 de junho de 1986, às 11 horas, com 59 anos de idade falecia Johannes Michael Antonius Polman ou como era conhecido, Pe. Jorge Polman vitima de um derrame cerebral. Polman nasceu em 07 de janeiro de 1927 na bela, histórica e culta Amsterdam, Holanda.  Viveu portanto 59 anos, tempo demasiadamente curto para quem ainda tinha tanto a contribuir com a ciência astronômica e como servo de Deus. Polman chegou ao Brasil em 1952 e ainda não era padre. Esse fato viria ocorrer no dia 01 de dezembro de 1957 no Seminário Menor da Várzea, Recife, Pe, pertencente a Ordem Sagrado Coração de Jesus. A partir desse momento ficou largamente conhecido como Pe. Jorge Polman. No inicio de 1970 ingressou no Colégio São João no bairro da Várzea trazendo consigo um telescópio de 4” e que seria a pedra fundamental para a criação do Clube Estudantil de Astronomia, CEA. Polman era professor de Ciências Físicas e Biológicas e nas horas vagas dedicava-se a astronomia. Não tardou portanto que os seus alunos entusiasmados com os conhecimentos transmitidos por Polman solicitassem instruções para a fundação de uma entidade. E assim surgiu o CEA, tendo como fundador Pe. Polman, figura admirável que a Holanda nos legou. Com a criação do CEA seguiu-se uma serie de atividades práticas, cursos, palestras, programas observacionais e participação em seminários e congressos. A criação da ‘Sociedade Astronômica do Recife’, SAR, viria logo a seguir e Polman seria seu primeiro presidente. Não tardou que o CEA erigisse no Colégio seu observatório com cúpula e vários instrumentos. Montou uma oficina completa para fabricação de telescópios. Seu lema predileto, como ficou largamente conhecido em todas as ocasiões era : Observar, Observar, Sempre Observar. Seu trabalho tinha o céu como limite.

Polman montando o seu micrômetro bifilar (Sky and Telescope, Março/1977).

CONTRIBUIÇÕES

Em 1977 Polman desenvolveu um micrometro bifilar que foi motivo para uma ampla reportagem na revista ‘Sky and Telescope’, nº de maio de 1977, páginas 391 a 393.  Polman  foi um principais articuladores para a criação da LIADA; foi nomeado  Conselheiro da IUAA (International Union of Amateur Astromers) em 1981 e Diretor da Seção de Ocultações por asteroides da LIADA. Desenvolveu grande e reconhecida atividade em estrelas variáveis, estrelas duplas, ocultações de estrelas e asteroides e cometas. Participou no Programa ‘Luna Incognita’ da ALPO (Association of Lunar and Planetary Observers), além de observações solares para essa e outras entidades. Polman esteve presente em vários congressos no País e exterior. Em um deles estivemos juntos em Montevideo, Uruguai. Veio a Campinas, SP, para observar nosso trabalho no Observatório Municipal e tive o privilégio de hospedá-lo em minha residência. Nutríamos uma grande amizade fruto de uma forte identificação de pensamentos. Polman deixou uma semente que germinou, cresceu e deu bons frutos para a astronomia não só de Pernambuco mas de todo o Brasil. Formou uma legião de discípulos e admiradores. Talvez o mais  dedicado deles seja o Audemário Prazeres, hoje residindo em Bezerros, interior de Pernambuco. Seguindo pensamento de Polman, Audemário criou e é o presidente da ‘Associação Astronômica de Pernambuco’, AAP, que visa criar naquela próspera cidade  um moderno planetário junto a um observatório astronômico. A partir de 2010 seu nome está perpetuado em Campinas, SP, no ‘Observatório Astronômico Pe. Jorge Polman’ do Colégio Sagrado Coração de Jesus dirigido pelo colega Júlio C. F. Lobo. A ele aplicamos o pensamento de Goethe: “Maior que a influência atribuída as estrelas, é a que a memoria dos homens bons exerce sobre nossa vida, nosso caráter, nosso destino”. Polman, sacerdote de Deus e de Urânia. SEMPER OBSERVANDUM.

8 respostas em “Johannes Michael Antonius Polman (Padre Jorge Polman)”

  1. Na verdade Pe.Jorge foi o meu melhor professor, estudei com ele no colegio São João e no CEA,,um homem de visão.

  2. Apesar de presencialmente já ter agradecido ao FRATER de mais de 26 anos Nelson Travnik pela citação do meu nome no seu brilhante texto, achei por bem aqui deixar o meu registro. Fui aluno, amigo e serei um eterno admirador do Grande Mestre Polman (GMP como eu o chamava). Ele era fantástico, de personalidade muito forte onde era amados por muitos, e odiados por poucos, nos quais não tinham a sensibilidade de o entende-lo. Quem quiser saber mais sobre ele, acesse: (http://xa.yimg.com/kq/groups/14199805/1681790813/name/Bodas%20de%20Prata%20Sem%20o%20Mestre%20Polman.pdf). Um abraço bem polmeano para todos (as). Prof. Astrônomo Audemário Prazeres.

    1. Oi, Audemário! Muito emocionante seu depoimento. Nesse campo da Astronomia em especial, mas também em qualquer outro área do conhecimento, a oportunidade e sabedoria de valorizar um grande mestre são muito valiosas. Suas palavras me lembraram o reconhecimento que os discípulos tinham por seus mestres da Grécia antiga.

      Fore Abraço!

  3. Prezados que alegria, fui aluno do Pe.Jorge Palman em um Colégio interno Escola Vocacional,funcionava onde hoje é a academia da Polícia Militar de Pernambuco,em Paudalho era 1971 e após as aulas do dia, com o cair da noite, estudavamos as constelações com a direção do bom padre Jorge Palman, foi há muito tempo mas nunca esquecí aqueles ensinamentos.
    Um abraço,
    Charles

    1. Prezado Charles, que emoção em ler seu comentário!

      Fico muito feliz por essa homenagem ao Padre Polman, feita pelo Nelson Travnik, ter chegado até você e remexido essas suas memórias. Nada melhor que isso para manter vivo em nós as melhores coisas que temos guardadas e que ajudaram a fazer quem somos hoje.

      Todos os que foram bons alunos e que buscam conhecimento sabem o valor de um bom Professor. Parabéns pela experiência que teve com o Pe. Polman, e que aqueles momentos de aprendizado (sempre mágicos!) permanecem vivos por muito tempo.

      Forte Abraço!

  4. Entao gostei bastante do site, tenhho 13 anos. Uma sugestão minha seria mudar o desigm do site, este não está muito bom… E gostaria que fizessem um post sobre todas teorias possiveis para acabar o mundo! Obrigado

    1. Oi, Adriano!

      Origado por sua sugestão. Exatamente nesses dias eu estou tentando mudar a posição do logotipo e pensando no que fazer com as barras laterais.
      Se você tiver algumas sugestões, elas serão muito bem vindas! Te agradeço mesmo se puder me passar suas impressões sobre o que seria um design legal. Vc mudaria cores? Posições? Logos?

      Um Forte Abraço!

      1. Ah! Sobre as teorias do fim do mundo, não existe nenhuma científica 🙂 Isso mesmo, temos teorias sobre o fim da vida na Terra, o que é diferente do fim do mundo em si.

        O Sol vai se transformar em gigante vermelha, e engolir a Terra (a vida já vai ter acabado muito tempo antes disso), mas mesmo nessa situação, a Terra não vai acabar. Estará fria, sem vida e sem graça. Será uma Terra completamente diferente do que é hoje, mas isso pode ser chamado de fim?

Os comentários estão desativados.

Copyright © 2009 - 2019 Astronomia.Blog.Br. All Rights Reserved. Created by Blog Copyright.