O Buraco Negro no Centro da Via Láctea Esquentando sua Refeição de Gás

A maioria das galáxias espirais deve abrigar um buraco negro supermassivo em seu centro, e isso acontece com a nossa adorada Via Láctea. Temos um buraco negro com cerca de 4 milhões de vezes a massa do Sol e situado a cerca de 26 mil anos-luz, na direção da constelação do Sagitário.

buraco-negro-central-gas
Concepção artística do gás ao redor do buraco negro no centro da Via Láctea (Fonte:ESA )

Apesar de ser o buraco negro central mais próximo de nós, os grãos de poeira que preenchem o plano da Galáxia dificulta sua observação. Muito da informação que temos sobre essa região central da Via Láctea e do que há depois dela, é obtida com observações no infravermelho (mais especificamente numa faixa espectral chamada infravermelho distante).

O Telescópio Espacial Herschel conseguiu detectar gás molecular que provavelmente está caindo no buraco negro central da Via Láctea. Um dos problemas é entender como esse gás pode ser tão quente: cerca de mil graus Celsius, enquanto a maioria das nuvens moleculares interestelares são extremamente frias, com algumas dezenas de graus acima do zero absoluto, marcado pelos -273,15oC.

Parte desse aquecimento pode ser devido à radiação ultravioleta de estrelas massivas também na região central da Galáxia e do próprio choque do gás com material sendo ejetado de estrelas. Mas o mecanismo ainda não está claro.

Um dos responsáveis pela análise dos dados, Javier Goicoechea, brinca dizendo que o buraco negro central de nossa Galáxia pode estar cozinhando seu jantar bem diante dos olhos do telescópio espacial Herschel. Se assim for a figura abaixo mostra os elementos químicos que estão no menu. Bon appetit!

Moléculas do gás observado ao redor do buraco negro no centro da Via Láctea (Fonte:ESA)[/caption

 

Para ler mais (em inglês): ESA

Autor: Leandro L S Guedes

Sou Astrônomo da Fundação Planetário da Cidade do Rio de Janeiro, faço doutorado no curso de História das Ciências e das Técnicas e Epistemologia, pela UFRJ, e nesse ano de 2013 estou passando alguns meses na Universidade de Notre Dame, EUA. Tenho interesses em: Astronomia, História, Epistemologia, Filosofia da Ciência.

6 pensamentos em “O Buraco Negro no Centro da Via Láctea Esquentando sua Refeição de Gás”

  1. Olá Leandro,
    Adorei o seu blog e de antemão parabenizo pela iniciativa em divulgar a ciência para os leigos. Tenho uma grande dúvida sobre essa área, pois a profissão de físico não é regularizada no Brasil. Como foi o princípio de sua carreira logo quando você saiu da graduação? Gostaria de tirar umas dúvidas com você. desde já agradeço.

    1. Oi, Dhayanne

      Muito obrigado pelo seu carinho. Algo legal na ciência é que ela estuda uma coisa que é de todos: a natureza. Por isso, acho que uma das coisas mais gratificantes é exatamente espalhar e poder conversar sobre ciência com todo mundo. Muito legal isso, fico muito feliz por você também gostar!

      Depois da graduação de Astronomia eu me preparei para fazer o mestrado, pensando no doutorado depois. Mas quando terminei a graduação fiz um concurso para o Planetário do Rio e passei, de modo que tive que conciliar o trabalho e o mestrado. Hoje, concilio trabalho e doutorado. Mas o princípio de carreira mais tradicional é terminar a graduação e fazer logo a pós, que pode ser mestrado, como eu fiz, ou direto o doutorado. Muita gente pula direto para o doutorado, e isso pode ser uma boa ideia, especialmente se você não pensa em trocar de área.

      O fato de uma profissão não ser regularizada não é exatamente um problema, porque isso pode significar apenas que em vez de ser contratada como Física, você seria contratada como Pesquisadora. Como Física ou Astrônoma, você terá muito mais oportunidades em órgãos públicos de pesquisa ou divulgação científica e nas Universidades, portanto a regularização não é mesmo um empecilho.

      Vamos nos falar por e-mail e posso te falar mais sobre a carreira. Também é um prazer falar sobre isso 🙂

      Forte Abraço e Bons Céus!

      1. Boa Tarde,Leandro
        Como posso ter seu contato? E-mail, facebook , googleplus e tal? Já faz um tempo que estou procurando você nas redes sociais e não o encontro.
        Tenho um grande sonho em me formar em Física Teórica e a priori estudo sozinha em casa com materiais baixados da internet.
        Você teria algum artigo que fale mais a fundo sobre a Teoria das Cordas? Ou algo relativo para me indicar?

        Desde já agradeço pela atenção

        Grande Abraço *—*

          1. Olá Leandro,

            Então, não sei se você viu o email que te mandei pelo gmail.
            Aguando por um contado seu.

            Atenciosamente,,

            Dhayanne Santos Costa

            1. Dhayanne, vi aquele primeiro que respondi, mas não tinha visto o segundo :O Às vezes o trabalho ocupa mais tempo que o normal e temos que atrasar algumas atividades. Me desculpe, estou te respondendo agora.

Os comentários estão desativados.