Na constelação do Centauro está a região mais fria conhecida do Universo, a nebulosa do Bumerangue, localizada a cerca de 5 mil anos-luz de nós. Essa nebulosa tem temperatura aproximada de -273oC (1K ou -458oF), o que é mais frio que a temperatura da radiação cósmica de fundo, aproximadamente de -270oC (com maior precisão, cerca de 2,8K)

Astrônomos utilizando o ALMA, sigla em inglês para e Atacama Large Millimeter/submillimeter Array, uma rede de telescópios operada pelo Observatório Europeu do Sul, no Chile, obtiveram imagens que mostraram uma estrutura que não aparecia nas imagens obtidas anteriormente, nem pelo telescópio espacial Hubble e outros telescópios em terra. Em Astronomia gostamos de fazer referência às formas dos objetos observados, e foi impossível para os primeiros a ver a imagem não pensar em um fantasminha.

Imagem da nebulosa do Bumerangue, gerada pelo ALMA. (Fonte NRAO)
Combinação de imagens da nebulosa do Bumerangue, geradas pelo ALMA e pelo Telescópio Espacial Hubble. (Fonte NRAO)

A figura acima mostra a imagem visível conhecida da nebulosa do Bumerangue, obtida pelo Telescópio Espacial Hubble, e a imagem da estrutura recém-observada, formada por gás molecular frio, obtida pelo ALMA.

Essa nebulosa está no estágio imediatamente anterior ao de uma nebulosa planetária, que marca o fim da vida de uma estrela com massa semelhante à do Sol. O mecanismo de resfriamento está associado à velocidade com que o gás é ejetado da estrela central. Temperatura, volume e pressão são grandezas sempre associadas, de modo que, se você aumenta o volume, pressão e temperatura precisam diminuir.

Uma coisa parecida acontece na sua geladeira, onde um gás é transformado em líquido sendo comprimido, ou seja, colocado num volume menor, e depois bruscamente liberado e expandido, resultando num gás gelado.

Foi bastante auspicioso ver essa nota sobre o conjunto de telescópios ALMA observando uma coisa fria com aspecto de fantasma, justamente quando aqui nos Estados Unidos estamos bem na época do Halloween. Tenha uma boa noite.

Leia Mais:

Nota no site do National Radio Astronomy Observatory  (em inglês): https://public.nrao.edu/news/pressreleases/alma-reveals-coldest-place-in-the-universe

Publicado por Leandro L S Guedes

Sou Astrônomo da Fundação Planetário da Cidade do Rio de Janeiro, faço doutorado no curso de História das Ciências e das Técnicas e Epistemologia, pela UFRJ, e nesse ano de 2013 estou passando alguns meses na Universidade de Notre Dame, EUA. Tenho interesses em: Astronomia, História, Epistemologia, Filosofia da Ciência.

4 respostas em “ALMA Revela Nebulosa Fria Com Aspecto de Fantasma”

  1. Sou um entusiasta em Astronomia.sempre observando o ceu com o binóculo tentando reconhecer as constelações. Quem sabe futuramente seja um astrônomo amador hehe… Ricardo Leite Brugni

    1. Ricardo, você já é um Astrônomo amador!

      O que define um astrônomo amador é o amor pela astronomia e o exercício de algumas atividades como leitura, observação do céu, discussões ou quaisquer outras que mantenham vivo o interesse.

      Você com seu binóculo e, principalmente, seu interesse em passear pelas constelações já tem seu atestado de Astrônomo Amador!

      Aumente seu interesse pesquisando, lendo e conversando a respeito. Te garanto que é uma satisfação que só tende a aumentar.

      Bons Céus e Forte Abraço!

    1. Douglas, muito obrigado!

      Espero que SEMPRE se empolgue com material que encontrar nesse blog, e que a Astronomia possa sempre inspirar você, em todos os campos da vida.

      Forte Abraço e Bons Céus!

Os comentários estão desativados.

Copyright © 2009 - 2019 Astronomia.Blog.Br. All Rights Reserved. Created by Blog Copyright.