A expressão pode ser aplicada em três diferentes contextos na Astronomia:

1 – Passagem de um astro aparentemente menor na frente de outro aparentemente maior. Trânsitos importantes no Sistema Solar são os de Mercúrio e Vênus no Sol, e trânsitos de satélites, como os dos satélites de Júpiter;

2 – Passagem de um astro pelo meridiano do observador;

3 – Trânsito estelar pode fazer referência à passagem de uma estrela pelo campo da ocular de um telescópio. O uso da palavra trânsito para isso é muito pouco usada.

Exemplos:

Trânsito de Vênus em 2012. (Fonte)

Trânsito de Vênus em 2012. (Fonte: National Geographic)

 

Trânsito do satélite Io em Júpiter. (Fonte: NASA)

Trânsito do satélite Io em Júpiter. (Fonte: NASA)

 

Sequência de fotos do trânsito de Vênus em 2012 (Fonte: Space.com)

Sequência de fotos do trânsito de Vênus em 2012 (Fonte: Space.com)